Novo

Colete Salva Vida Infantil Piscina Boia Bebê Flutuador Kids

77 reales con 40 centavos

em 12x 7 reales con 50 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Características principais

MarcaSol e Lua
Modeloboia infantil colete

Outras características

  • Tipo de colete salva vidas: colete salva vida infantil piscina

  • Idade: boia colete

  • Tipo de enchimiento: Polietleno Expandido Colete flutuante infantil

  • Flutuabilidade: colete salva infantil

  • É kit: Não

Descrição

No verão, muitas pessoas aproveitam os dias ensolarados para se divertir na água. Nessas situações o dispositivo de flutuação pessoal (DFP) é um equipamento indispensável. O maior objetivo do dispositivo de flutuação pessoal (DFP) é a segurança, independentemente se a pessoa tem afinidade ou não com a água. Ou até mesmo, se é atleta praticante de esportes náuticos.
Em todo o mundo, 1 milhão de crianças morrem por causas acidentais anualmente, o que é considerado uma epidemia global, segundo a Safe Kids Worldwide. Entretanto, apesar de muito comuns na infância e de o senso comum tratá-los como algo inevitável, 90% dos acidentes podem ser evitados com medidas simples de prevenção.
Os afogamentos são a principal causa de morte de crianças de 1 a 4 anos e podem acontecer em piscinas, rios, lagos, mar e até mesmo em banheiras e baldes.
No Brasil, os afogamentos são a segunda maior causa de morte e a sétima de hospitalização por motivos acidentais entre crianças com idade de zero a 14 anos. Em 2018, 866 pessoas dessa faixa etária morreram vítimas de afogamento, o que representa uma média de 2,3 óbitos por dia, de acordo com dados do Ministério da Saúde.
O afogamento normalmente ocorre de maneira rápida e silenciosa. Pode acontecer em um breve momento em que a criança encontra-se sem supervisão. Em apenas dois minutos submersa, a criança perde a consciência. Após quatro minutos, danos irreversíveis ao cérebro podem ocorrer.
Por possuírem a cabeça mais pesada que o corpo, crianças com até quatro anos de idade ainda não têm força suficiente para se levantarem sozinhas e nem mesmo capacidade de reagir rapidamente em uma situação de risco. Por isso, em caso de queda ou desequilíbrio, elas podem se afogar até mesmo em recipientes com apenas 2,5 cm de água.
Nessas situações o dispositivo de flutuação pessoal (DFP) é um equipamento indispensável. O maior objetivo do dispositivo de flutuação pessoal (DFP) é a segurança, independentemente se a pessoa tem afinidade ou não com a água, ou até mesmo se é atleta praticante de esportes náuticos.
Confeccionados com tecido de nylon 70/110 Material Flutuante de polietileno expandido.
Especificações: Tamanhos 15Kg,20Kg,30Kg,40Kg